Quem solicita um empréstimo tem o objetivo de quitar contas atrasadas, organizar a vida financeira por causa de imprevistos ou despesas que não estavam em seu planejamento financeiro.

A maioria das pessoas associa o empréstimo pessoal a cobrança de altas taxas de juros e dívidas difíceis de serem pagas, que se acumulam e viram uma bola de neve. Um verdadeiro pesadelo financeiro.

Porém, iremos te mostrar aqui, que existem algumas modalidades de empréstimo pessoal que as instituições financeiras e os bancos disponibilizam que não possuem essas desvantagens citadas acima.

4 Formas de empréstimo pessoal vantajosas

1.    Empréstimo pessoal consignado

Essa modalidade do empréstimo pessoal é voltada para os aposentados e pensionistas do INSS e funcionários públicos. O pagamento do empréstimo é feito através do desconto direto da folha de pagamento, pensão ou aposentadoria. É um empréstimo pessoal de baixo risco, por isso, possui taxas de juros baixas.

2.    Empréstimo pessoal vinculado

O empréstimo pessoal vinculado é muito semelhante ao consignado. A diferença entre eles é que os bancos e as instituições financeiras descontam o valor das parcelas da conta pessoal do cliente, no mesmo dia do crédito do salário. É um empréstimo pessoal de médio risco, por isso, possui taxas de juros baixas.

3.    Empréstimo pessoal com garantia de veículo

É uma modalidade de empréstimo pessoal que é destinada para aqueles que possuem um veículo quitado em seu nome. O banco ou as instituições financeiras recebem o veículo como garantia de pagamento, caso não seja pago o veículo é apreendido. É um empréstimo pessoal de baixo risco, por isso, possui taxas de juros baixas.

4.    Empréstimo pessoal com garantia de FGTS

Essa modalidade é pouco conhecida entre as pessoas. Ela é oferecida somente pela caixa econômica federal, que é quem gerencia os FGTS dos trabalhadores. O empréstimo é concedido e tem como garantia o saldo do FGTS. É um empréstimo pessoal de baixo risco, por isso, possui taxas de juros baixas.