Escolher uma máquina de cartão de crédito é uma tarefa muito difícil para os empreendedores, principalmente por causa da grande variedade de leitores existentes no mercado atual.

Com ou sem bobina; mPOS, tradicional ou smart; com comprovante por SMS, são as principais características consideradas no momento de optar pelo tipo de leitor.

Todavia, essas não são as únicas especificações existentes para escolher a melhor máquina. O empreendedor que busca essa ferramenta deve atentar-se a outras características dos leitores.

Como identificar os melhores leitores

As principais marcas de leitores de cartões no mercado possuem algumas características fundamentais aos empresários no momento de escolher o equipamento.

O primeiro delas é a ausência de aluguel ou pagamento mensal para sua utilização. Atualmente, marcas como PagSeguro e SumUp vendem suas máquinas com preços fixos, podendo parcelar.

Também é importante enfatizar que algumas máquinas de cartão trabalham com a opção de parcelamento com os juros repassados ao lojista em compras parceladas.

Por conta disso os empreendedores devem tomar cuidado ao optar pela opção mais barata. Além dos juros, o comerciante também deve lembrar das taxas cobradas nas vendas feitas.

Outra característica importante é a quantidade de bandeiras aceitas pelo equipamento. Quanto maior for o número de cartões, maior será a quantidade de opções ao consumidor.

Por que preciso de uma máquina de cartão?

Possuir um leitor de cartão no estabelecimento traz diversos benefícios ao empresário, principalmente em relação a suas vendas, que tendem a aumentar.

A facilidade no troco e a segurança no recebimento dos valores é outro fator fundamental, pois, o pagamento com cartão não necessita de troco e o dinheiro vai direto para a conta do lojista.

Hoje, possuir uma máquina de cartão de crédito deixou de ser um privilégio das grandes empresas, passando a ser uma necessidade determinante para o sucesso do empreendimento.