Authorrodrigo

Consórcio: Dicas para não errar na hora de fazer um consórcio

A adesão a um consórcio, pode ser uma boa opção para quem deseja adquirir um bem e não tem condições de realizar a compra sem optar por um financiamento e não deseja pagar pelos altos juros cobrados nos empréstimos.

Antes de aderir a um consórcio, seja ele para compra de um imóvel ou de um veículo, lembre-se que está assumindo um compromisso, e que a compra através de consórcios se da de maneira coletiva. A partir do momento que você aderiu há um, mesmo que não venha a ser contemplado logo é importante sempre estar com as parcelas em dia pois o não pagamento pode prejudicar o grupo participante como um todo.

Outro ponto importante é a avaliação da empresa que está oferecendo o consórcio antes de aderir ao contrato. Conferir se a empresa é reconhecida pelas instituições regulamentadores desse tipo de serviço como Banco Central, consultar a avaliação de usuários é uma boa pedida também, ver se a empresa possui uma boa reputação no mercado e se costuma cumprir o que promete.

Fique atento para não cair em golpes, suspeite da oferta de rápidas contemplações, e de vendas de contratos já contemplados. Caso se interesse por algo do tipo, verifique a possibilidade de transferência de titularidade de cotas e as condições de uso, para que não seja pego de surpresa se optar por uma.

Avalie a extensão do consórcio contratado, e a urgência que tem para adquirir o bem pretendido. Lembre-se que mesmo existindo a possibilidade de ser contemplado logo no início, é mais provável que venha a esperar um bom tempo para adquirir o bem desejado, para ter uma ideia, peça a informação de quantos participantes são permitidos no consórcio. Um consórcio é uma boa opção para quem não precisa contar com o uso desse bem a curto prazo, se você se encaixa nessa condição vale a pena investir em um.

Rastreador automotivo: 3 Motivos para contratar um rastreador automotivo

Com a violência aumentando a cada dia no Brasil, se tornou indispensável pensar na segurança, na nossa, de nossos familiares e de nossos bens.

O número de roubos de veículos no Brasil aumenta a cada ano. Com isso, precisamos encontrar soluções para nos proteger disso.

O rastreador veicular é uma forma de encontrar essa proteção. Se tornou popular por ser mais barato que o seguro automóvel, embora logicamente não ofereça o mesmo tipo de serviço.

O rastreador automotivo é um dispositivo que, quando instalado no veículo, relata a localização exata do mesmo em tempo real. Você consegue controlar a localização do seu veículo exata pelo celular, por exemplo.

Com isso, em caso de roubo e furto, você consegue encontrar a localização do veículo e aumenta as chances de recuperar o mesmo intacto.

Motivos para contratar um rastreador automotivo

Segurança

O rastreador aumenta em mais de 90% as chances de recuperar o seu veículo.

Além disso, em caso de sequestro, o rastreador pode dar agilidade para a polícia ao descobrir a localização exata do veículo.

Custo benefício

O rastreador automotivo é uma forma de proteção mais barata que o seguro auto. É claro que o serviço oferecido não é o mesmo, porém para quem não pode contratar um seguro, o rastreador pode ser uma excelente opção.

Desconto no Seguro

Algumas seguradoras disponibilizam desconto para quem possui um rastreador automotivo instalado no veículo.

Isso porque, com o rastreador automotivo aumenta-se a chance de ser encontrado o carro e consequentemente, diminui o risco da seguradora.

Sem análise de perfil

Diferente do seguro auto, o rastreador automotivo não possui a análise do perfil antes da liberação. Por isso, é menos burocrático. Basta comprar o dispositivo, que pode ser comprado na internet e instalar no veículo.

Fácil instalação

O rastreador automotivo possui fácil instalação. O proprietário do veículo consegue instalar o dispositivo sozinho, sem precisar pagar para que alguém faça esse serviço.

Rastreador com seguro: Como funciona e quais as vantagens

Comprar um carro é um alto investimento e por isso requer bastante cuidado. Com os altos índices de violência e criminalidade no Brasil, a cada adia surgem novas maneiras de prevenir os roubos de veículos no país. Afinal, ninguém quer ter o seu carro roubado.

Para resolver esse problema, o rastreador com seguro auto tem sido um ótimo investimento.

Rastreador com seguro

O rastreador é um aparelho instalado no carro que consegue acompanhar a localização do veículo em tempo real. Em caso de roubo, é possível encontrar o veículo mais rápido pois o aparelho fornece a localização exata do mesmo.

O seguro para automóveis é aquele serviço que todos conhecem, caso o veículo sofra algum roubo, furto ou acidente e estiver sob a cobertura de um seguro, os danos são indenizados ao proprietário.

Mas, e o rastreador com Seguro, como funciona?

Neste caso, as empresas além do rastreador, fornecem também um serviço de acompanhamento, monitoração e serviço de seguro, em caso de roubo.

Vantagens de contratar rastreador com seguro

Existem várias vantagens do rastreador com seguro, tanto para o cliente quanto para a seguradora. Isso porque, o rastreador diminui o risco de roubo, o que pode gerar descontos para a empresa.

O dispositivo do rastreador é fácil e prático de instalar e usar. Essa é uma grande vantagem, caso você vá instalar e monitorar sozinho.

Além disso, quem tem o rastreador com seguro recebe um desconto no seguro do carro. Pelos mesmos motivos já explicados acima, o rastreador ajuda a encontrar o carro em caso de roubos, o que diminui os prejuízos da seguradora.

Outra vantagem é que para adquirir um rastreador, o processo é menos burocrático que o seguro. Não é preciso avaliar o perfil do motorista, por exemplo.

Uma vantagem do rastreador com seguro é que ele permite a função bloqueio: o proprietário do veículo pode mandar o carro desligar remotamente, em caso de roubo e furto.

Simular Empréstimos: 3 Motivos de simular empréstimo na internet

Hoje em dia muitas pessoas estão em crise financeira e com isso, vendo a necessidade de fazer empréstimos. Qualquer pessoa pode, a qualquer momento, precisar de um empréstimo.

A internet ajudou bastante nesse processo pois atualmente é possível realizar simulações online e simular empréstimos, que em apenas poucos cliques já simula em várias financeiras ao mesmo tempo. E, dessa forma você pode escolher a melhor opção pra você.

Se você ainda está em dúvida se vale a pena simular empréstimos antes de fazer, vou te dar alguns motivos para você se convencer de que essa é a melhor opção para começar.

Motivos para Simular empréstimos

Você escolhe melhor as taxas e condições

Sabemos que existem muitas financeiras no mercado que aplicam condições abusivas de juros e taxas no empréstimo. Por esse motivo, é muito importante simular empréstimos antes.

Existem sites feitos para simular empréstimos, permitem que você faça a simulação em várias financeiras ao mesmo tempo. Dessa forma, você pode escolher a opção que melhor cabe no seu bolso, sem taxas e juros abusivos.

Você tem agilidade sem burocracia

Se você decidir ir na financeira pessoalmente, também pode simular os empréstimos uma por uma. Porém, pode perder muito tempo em filas desnecessárias.

Esse processo ficou muito facilitado hoje em dia com a internet. Com um simples clique você faz a simulação em várias financeiras ao mesmo tempo e escolher a melhor opção para a sua necessidade.

Avaliação dos tipos de empréstimo

Ao simular empréstimos, você pode cotar em várias financeiras e escolher o que melhor se encaixa e satisfaz a sua necessidade.

Existem diversas modalidades de empréstimo, cada uma com suas particularidades, taxas e condições de pagamento diferenciadas.

Dentre algumas opções, temos: crédito pessoal (que é o mais simples e rápido, porém costuma ser o mais caro também, com as taxas de juros mais altas), crédito consignado (que é restrito a funcionários públicos e pensionistas do INSS) e o crédito com garantia (em que você oferece para a financeira alguma garantia de que irá pagar a dívida, pode ser um imóvel ou outro bem material).

Portanto, de agora em diante quando for solicitar um empréstimo não se esqueça de simular empréstimos antes para não ser enganado na contratação.

Conta corrente: Como escolher a melhor opção para você

Se você está precisando abrir uma Conta corrente, porém, está confuso de como escolher a melhor opção para você, então você veio no lugar certo. Aqui iremos te ajudar a saber o que levar em consideração no momento de decidir qual a melhor conta bancária para você.

Conheça seu perfil

Em primeiro lugar, você precisa conhecer o seu perfil e ver quais são suas reais necessidades e hábitos. Faca as seguintes perguntas a você mesmo:

  • Você costuma ir ao banco regularmente?
  • Faz muitas transferências entre contas de bancos diferentes?
  • Usa folhas de cheques com muita frequência?

Conhecendo seu perfil, você evitar contratar serviços bancários que você não utiliza. Dependendo da quantidade de vezes que você utiliza determinado serviço, compensa mais você pagar por transação.

Então, a dica que damos para você é de listar todas as operações que você precisa e em média as quantidades mensais que realiza cada uma. Se você já tem uma Conta corrente, basta tirar um extrato e fazer a contagem. Inclua na sua lista os seguintes serviços:

  • Emissão de cartão e de cheques;
  • Saques;
  • Transferências (DOC, TED e para outras contas da mesma instituição);
  • Extratos e mensagens via celular.

Após feita essa lista, agora é o momento de você descobrir qual conta bancária mais se adequa as suas necessidades. Por isso, separamos para você as principais modalidades de conta corrente.

Modalidades de conta corrente

  • Conta corrente – Pacote de serviços essenciais (gratuito);
  • Conta-Corrente – Pacotes padronizados de serviços (pagos)
  • Conta Poupança – Pacote gratuito de serviços
  • Conta Salário
  • Conta Digital
  • Conta universitária

Existem diversas modalidades de conta corrente, com os mais variados pacotes de serviços e as mais variadas taxas. Por isso, você precisa ver o que realmente precisa, para não contratar uma conta corrente com serviços demais e acabar não utilizando. As taxas durante o mês parecem pequenas, porém, no final do ano, somando tudo, você verá que são altas taxas.

Plano de saúde: Como encontrar o plano de saúde ideal

O Sistema único de Saúde (SUS) é o sistema de saúde pública do Brasil e não é segredo que a qualidade do atendimento só decai com o passar dos anos. São horas para um atendimento de emergência e meses de espera para consultas agendadas. São esses motivos, que levam a procura por um plano de saúde aumentar a cada dia que passa.

Mas, o que muitos se esquecem é que não basta contratar um plano de saúde e não ficar atento aos serviços oferecidos. Existem diversas coberturas diferentes, uma para cada necessidade e por isso, para você evitar problemas futuros, simular plano de saúde é fundamental para uma contratação que atenda a todas as suas necessidades.

Encontre o plano de saúde ideal

Ao simular plano de saúde, você precisa ficar atento a diversos pontos. Separamos para você alguns desses pontos, veja a seguir:

Pontuação da empresa no site da ANS

O primeiro passo ao simular plano de saúde é você conferir a pontuação das empresas no site da ANS, a Agência Nacional de Saúde Suplementar. A ANS é um órgão brasileiro que é responsável pela regulamentação e controle das operadoras de saúde no país. Esse órgão faz uma avaliação em todos os planos de saúde vigentes no país e disponibiliza a pontuação de cada um em seu site.

Redes de atendimento

Outro ponto de atenção ao simular plano de saúde são as redes de atendimento. A maioria das pessoas não confere isso, e ao adquirir o plano percebe que não possui emergências próximas a sua residência ou trabalho e isso é fundamental.

Coberturas

As coberturas também são pontos de atenção. De acordo com a ANS, as empresas precisam oferecer uma cobertura mínima, porém, a maioria delas, para atrair clientes, oferecem coberturas extras. É nesse momento que você consegue algumas vantagens se fizer uma comparação minuciosa.

Rastreador veicular: Conheça as vantagens de ter um rastreador veicular

Na última década a necessidade por itens de segurança tem ganhado mais mercado. Seja para proteger um bem, os familiares ou alguma mercadoria ou produto.

Sabia que existe uma única opção que garante a proteção de todas essas coisas? Com um preço acessível e fácil instalação? E que ainda consegue acompanhar a localização do que é importante para você em tempo real?

Sim, existe. E vem sendo cada vez mais utilizado por pessoas de todas as classes sociais e com diversas necessidades.

Estamos falando do rastreador veicular.

Vantagens do rastreador veicular

                As formas de utilização do rastreador veicular aumentam e com elas, crescem também a procura dessa ferramenta.

Apesar da popularização, nem todos conhecem todas as vantagens oferecidas por esse aparelho.

  • Baixo custo e fácil instalação: apesar de necessitar de um especialista, a instalação é bem mais simples que a de outros aparelhos.

O que também difere esse mecanismo de outros é o valor, que é o mesmo independente do modelo ou ano do veículo.               

Outra vantagem financeira é o valor de seguro menor para veículos que possuem rastreador. Essa ferramenta representa para as seguradoras uma redução no nível de risco e uma facilidade numa possível necessidade de recuperação do veículo.

  • Acompanhamento em tempo real: a principal função do rastreador é a de localizar o veículo em caso de roubos/furtos. Mas não se limita a isso. A ferramenta possibilita o rastreamento em tempo real das rotas e velocidades, que podem ser acompanhadas através da central ou do celular do proprietário, garantindo mais segurança para familiares e entregas.
  • Mecanismos de segurança: muitos modelos de rastreadores possuem a opção de inserir uma área de circulação do veículo, que quando é ultrapassada retorna um aviso para o celular cadastrado. Um alerta também pode ser gerado em casos de sequestros ou roubos, através do acionamento do botão de pânico.

Além das outras inúmeras vantagens, contar com um rastreador veicular significa maior segurança e tranquilidade, tanto para você e os seus familiares, quanto para os seus bens materiais.

Veja tudo sobre o seguro viagem Estados unidos

Os Estados Unidos é um país, que diferente dos países europeus, não exige a contratação de um seguro viagem para a entrada de turistas no país. Somente é exigido para vistos de longo prazo, como é o caso de estudos ou trabalho.

Porém, mesmo o país não exigindo um seguro viagem, nós recomendamos a contratação, para que você evite gastos inesperados e surpresas desagradáveis.

Saúde nos Estados Unidos

Vamos expor a situação de saúde no país, para que você mesmo veja os custos que pode ter em caso de algum acidente.

Nos Estados Unidos não há serviço de saúde pública gratuita. Muito pelo contrário, no país do Tio Sam, o serviço de saúde é expressivamente caro, tanto para moradores quanto para turistas. Uma ida ao pronto-socorro por indisposição, mal-estar, pode te custar muitos dólares.

Para um entendimento melhor, vamos citar um exemplo. Caso um turista quebre um braço durante a viagem, os custos para tratar podem ser superiores e 1.200 dólares. Em caso de quebra de uma perna, os custos variam de 2.000 à 15.000 dólares. Isso tudo em casos não cirúrgicos.

Então, com a exposição dos valores, acredito que você não irá arriscar a viajar para os Estados Unidos sem a contratação de um seguro viagem Estados Unidos.

Como funciona um seguro viagem Estados Unidos

O funcionamento do seguro viagem Estados Unidos varia de acordo com o plano que você contratar. Normalmente, em caso de algum evento, você ligará para eles e eles te passarão como proceder.

Avalie bem as coberturas, elas podem ir de coberturas médicas até para coberturas de extravios de malas.

Como existem muitas coberturas e empresas diferentes, pesquise bem os preços e o que cada plano oferece. Existem planos que exigem que você pague pelo serviço e posteriormente você receberá o ressarcimento. E outros planos que você não precisa desembolsar nada. Fique atendo a isso antes de prosseguir com a contratação do seu seguro viagem Estados Unidos.

Simulação Empréstimo: Como fazer simulação de empréstimo

Está precisando de crédito para algum imprevisto ou investir em algum projeto? A solução pode ser recorrer a um empréstimo. Porém é de suma importância que você realize a simulação de empréstimo para estar ciente de todas as tarifas envolvidas na operação. Desta forma é possível ter certeza que o empréstimo é realmente um bom negócio.

Veja nesse artigo quais são os passos para realizar a simulação de empréstimo.

1.       Defina o objetivo do empréstimo

Dependendo do objetivo final de utilização do dinheiro, você poderá recorrer a diferentes modalidades e simulação de empréstimo. Por exemplo, caso o seu objetivo seja iniciar um negócio, você poderá recorrer a crédito para PME (pequeno e médio empresário). Já se seu objetivo é quitar suas dívidas e acabar com restrições no seu CPF, você terá de recorrer a opções de empréstimo pessoal para negativados.

Cada tipo de empréstimo solicita diferentes condições de crédito, prazo e tarifas e possuem diferentes critérios para análise e aprovação de crédito. Por isso, este primeiro passo é essencial.

2.       Encontre instituições que ofereçam o crédito

Sejam bancos, financeiras independentes, lojas varejistas e diversas outras instituições. Cada uma delas oferecem diferentes modalidades de empréstimo. Por isso, antes de iniciar a simulação de empréstimo é importante conhecer se a modalidade oferecida por cada uma delas se adequa às suas necessidades.

3.       Inicie a simulação de empréstimo

Para realizar a simulação de empréstimo é necessário acessar o site ou ir pessoalmente a instituição escolhida. A partir daí você irá fornecer seus dados pessoais e informações do crédito pretendido, como valor total, prazo e número de parcelas.

De posse destas informações, a instituição irá lhe informar as condições de crédito que a mesma lhe oferece. Informando o CET (Custo Efetivo Total) da operação, valor do crédito e condições de pagamento.

Máquina de cartão de crédito: Como escolher a melhor?

Escolher uma máquina de cartão de crédito é uma tarefa muito difícil para os empreendedores, principalmente por causa da grande variedade de leitores existentes no mercado atual.

Com ou sem bobina; mPOS, tradicional ou smart; com comprovante por SMS, são as principais características consideradas no momento de optar pelo tipo de leitor.

Todavia, essas não são as únicas especificações existentes para escolher a melhor máquina. O empreendedor que busca essa ferramenta deve atentar-se a outras características dos leitores.

Como identificar os melhores leitores

As principais marcas de leitores de cartões no mercado possuem algumas características fundamentais aos empresários no momento de escolher o equipamento.

O primeiro delas é a ausência de aluguel ou pagamento mensal para sua utilização. Atualmente, marcas como PagSeguro e SumUp vendem suas máquinas com preços fixos, podendo parcelar.

Também é importante enfatizar que algumas máquinas de cartão trabalham com a opção de parcelamento com os juros repassados ao lojista em compras parceladas.

Por conta disso os empreendedores devem tomar cuidado ao optar pela opção mais barata. Além dos juros, o comerciante também deve lembrar das taxas cobradas nas vendas feitas.

Outra característica importante é a quantidade de bandeiras aceitas pelo equipamento. Quanto maior for o número de cartões, maior será a quantidade de opções ao consumidor.

Por que preciso de uma máquina de cartão?

Possuir um leitor de cartão no estabelecimento traz diversos benefícios ao empresário, principalmente em relação a suas vendas, que tendem a aumentar.

A facilidade no troco e a segurança no recebimento dos valores é outro fator fundamental, pois, o pagamento com cartão não necessita de troco e o dinheiro vai direto para a conta do lojista.

Hoje, possuir uma máquina de cartão de crédito deixou de ser um privilégio das grandes empresas, passando a ser uma necessidade determinante para o sucesso do empreendimento.

© 2019 Show do Sport

Theme by Anders NorénUp ↑