A adesão a um consórcio, pode ser uma boa opção para quem deseja adquirir um bem e não tem condições de realizar a compra sem optar por um financiamento e não deseja pagar pelos altos juros cobrados nos empréstimos.

Antes de aderir a um consórcio, seja ele para compra de um imóvel ou de um veículo, lembre-se que está assumindo um compromisso, e que a compra através de consórcios se da de maneira coletiva. A partir do momento que você aderiu há um, mesmo que não venha a ser contemplado logo é importante sempre estar com as parcelas em dia pois o não pagamento pode prejudicar o grupo participante como um todo.

Outro ponto importante é a avaliação da empresa que está oferecendo o consórcio antes de aderir ao contrato. Conferir se a empresa é reconhecida pelas instituições regulamentadores desse tipo de serviço como Banco Central, consultar a avaliação de usuários é uma boa pedida também, ver se a empresa possui uma boa reputação no mercado e se costuma cumprir o que promete.

Fique atento para não cair em golpes, suspeite da oferta de rápidas contemplações, e de vendas de contratos já contemplados. Caso se interesse por algo do tipo, verifique a possibilidade de transferência de titularidade de cotas e as condições de uso, para que não seja pego de surpresa se optar por uma.

Avalie a extensão do consórcio contratado, e a urgência que tem para adquirir o bem pretendido. Lembre-se que mesmo existindo a possibilidade de ser contemplado logo no início, é mais provável que venha a esperar um bom tempo para adquirir o bem desejado, para ter uma ideia, peça a informação de quantos participantes são permitidos no consórcio. Um consórcio é uma boa opção para quem não precisa contar com o uso desse bem a curto prazo, se você se encaixa nessa condição vale a pena investir em um.